Será para esta liberdade que estamos a viver que fizeram o 25 de Abril?
A nossa liberdade está mais ameaçada que nunca! A liberdade de poder escolher, o nosso futuro está a ficar hipotecado, e dos nossos filhos! Não é preciso andar a mostrar os cravos na lapela, para deixarmos de ser restringi dores da liberdade...cada dia está tudo mais a preto e branco !

8 comentários:

Pronúncia disse...

Grande pergunta!

Preto e Branco?! Eu diria cada vez mais preto...

manuel gouveia disse...

E tu que fazes para merecer a liberdade que te deram? Só assim a conservarás...

Tijoão da Tasca disse...

Eu acima de tudo, tento mudar o pouco que posso, a maneira como nos estão a castrar os nossos actos, e não deixar que me sub-joguem os pensamentos!

Daniel Santos disse...

tem dias...

manuel gouveia disse...

Pelo menos tens o direito de voto...

Tijoão da Tasca disse...

Temos direito de voto, já foi muito bom, pena é não podermos pedir responsabilidades aos deputados, individualmente.Vamos pedir aos partidos? Ora isso não é boa democracia.

António Lopes da Costa disse...

Casos desses há vários mesmo aqui em Lisboa. Lembro-me de várias vezes, entre os meus 15 e 17 anos, ter saído de discotecas em Lisboa para ir defender amigos meus que estavam "a levar porrada" lá fora. Os porteiros? Fechavam a porta. Os outros? Fugiam com medo, para ver "se não apanhavam também". É assim...a cobardia humana!
Com essas idades, um grupo cercou-me e roubou-me o telemóvel. Eu estava só com um amigo e fomos a correr atrás deles, na inconsciência de tentar recuperar o meu telemóvel. O meu amigo levou uma facada.
Esse vídeo é forte. Sem dúvida que sim. Mas é forte porque é real. E a mim choca-me porque cenas destas acontecem, "aqui ao lado", várias vezes.

E agora era a conta, que estou com pressa...;)

um abraço

Campos disse...

não quero estar a estragar a mensagem que queres transmitir com o texto e com o video, acima de tudo porque ca em portugal, cenas como estas passam a vida a acontecer. mas este video, segundo me disseram num mail que me mandaram passa-se em sao paulo.. dai o facto destas cenas nao terem aparecido nos telejornais portugueses...