Excelente visão de 2009

Marinho Pinto aos gritos contra Manuela Moura Guedes no Jornal Nacional de 6ª, no âmbito da preparação da censura e proibição definitiva do programa, dizendo-lhe que os patrões a deviam despedir.

8 comentários:

Daniel Santos disse...

Comovente momento.

João António disse...

Daniel Santos
Comovente só se foi a conversa badalhoca, num jornal de televisão em horário nobre .

Táxi Pluvioso disse...

Sempre pensei que a Moura sofresse de problemas psiquiátrios quando ela desapareceu dos ecrã, lembro-me de uma discusão com o caçador Miguel Sousa Tavares, que ele lhe disse que só estava ali para comentar, quando ela o atacou.

Depois ela regressou com uma cara muito estranha, suponho que pelo botox, volta a apresentar notícias, mas o jornalismo é uma indústria e tem que dar massa, e ela não vendia.

Mas a TVI tem clássicos da notícia. Aquela reportagem do Comitet (os ciganos que vendiam crianças na Baixa) é do melhor...
good week

Ferreira-Pinto disse...

Não sei se a certo ponto não foram merecidas as flechadas do Marinho Pinto!

João António disse...

Táxi Pluvioso
A única coisa que mudou no canal de Queluz foi mesmo a cara que apresenta o jornal !

João António disse...

Ferreira-Pinto
Podem ter sido merecidas, mas o bastonário dos advogados não pode nem deve perder as estribeira daquela maneira, é uma questão de respeito pelo país .

António Lopes da Costa disse...

Sem dúvida que foi um momento que não esqueceremos facilmente!

João António disse...

António Lopes da Costa
Ficará nas nossas memórias como um dos momentos mais deprimentes da tv em Portugal.