Trolhas


Claro que não, ele não vai ás obras publicas, quando estão em construção, lança a primeira pedra ou vai carregar no comando para abrir as portas !
"Aqui, no PS, ninguém se lembraria de dizer que as obras públicas é para dar emprego a cabo-verdianos ou ucranianos. Essa mundivisão não tem lugar nem no PS nem num país progressista e moderno como queremos para Portugal"

6 comentários:

Daniel Santos disse...

esperemos é que no dia 27 de Setembro feixe a porta antes de sair.

Tijoão da Tasca disse...

Esperamos muitos! Mais que ele pensa !

Pronúncia disse...

Ou então inaugura-as quando ainda não estão acabadas... que foi o que aconteceu em Braga com o Instituto de Nanotecnologia.

Veio ele, o Zapatero, o Rei de Espanha e o nosso Presidente da República inaugurar a fachada e um auditório. Todo o restante edifício continua a ser construído.

Tijoão da Tasca disse...

Pronúncia esse è o estado a que a politica chegou na Península Ibérica, os nossos governantes maquilham-se sem lavar a cara !

Pronúncia disse...

Pode ser que um dia tenham azar e a pintura rache e caia toda, e de tal maneira que já nem uma operação plástica os safa... sonhar não custa, pois não?!

manuel gouveia disse...

Bem visto! O Jorge Coelho que o diga!