Tem alguma lógica... ou razão ...

...votar hoje no PSD é um dever de cidadania...
(Blogue do advogado José Maria Martins)

8 comentários:

manuel gouveia disse...

Votar PS seria estúpido, mas chega de 35 anos de centrão! O voto não pode ter S!

Tijoão da Tasca disse...

Manuel,se calhar existem algumas razões para pensar assim !

Daniel Santos disse...

Tudo é melhor que este bloco central.

Tijoão da Tasca disse...

Ai penso estarmos todos de acordo! Ou se acaba com o bloco central ou ele acaba com Portugal!

Luis Melo disse...

Excelente a vitória do PSD, com 5% de vantagem sobre o PS. Uma grande vitória de Manuela Ferreira Leite pela escolha do excelente cabeça de lista que foi Paulo Rangel. Uma vitória da forma de fazer política, de verdade, de seriedade, de honestidade. Uma vitória de um partido que apresentou propostas, ideias e estratégias.

Uma derrota inequívoca de José Sócrates e do PS. Passam de 12 para 7 eurodeputados, perdem nos Açores (onde recentemente ganharam as Regionais) e ganham apenas em 2 distritos (sendo que em Lisboa foi apenas por 0,5%).

Não pode haver a desculpa da crise internacional, que castigou os governos. Sarkozy, Merkl e Berlusconi venceram, enquanto que os governos socialistas de Brown, Zapatero e Sócrates perderam. Foi a derrota da politica socialista que é despesista, premeia a partidarite no lugar do mérito e do trabalho, apoia e legitima a corrupção.

No contexto europeu, o PPE (onde se inserem PSD e CDS) será o maior partido com cerca de 260 deputados, contra os cerca de 150 dos socialistas (onde está o PS). A Europa teve consciência e sabe que rumo quer tomar.

Tijoão da Tasca disse...

Luis, mas a luta para a assembleia da republica vai ser muito mais dura! Se o Sócrates perdeu em toda a linha o Louça e o Jerónimo, fixaram eleitorado! Pena é o Nuno Melo ir para Bruxelas, ai a Manuela Ferreira Leite tinha um a grande ajuda ! O principal está feito : dar uma lição ao Chavez cá do burgo !

Anónimo disse...

Caro

É necessária a mudança.
Sei que temos abordagens um pouco diferentes da questão.
Penso que o Povo tem de tomar em mãos o Poder.
Através de mais democracia directa, como na Suiça.
Não é impensável que haja referendo para os aumentos de impostos, para referendar as alterações ao Tratado Europeu, não parece desrazoável que os membros do STJ sejam eleitos.
Não me parece que seja utópico que os juizes e os procuradores sejam eleitos.
Não creio ser indefensável que possa haver o instituto do Recall, como há nos EUA.
Penso que o sistema partidário tem de mudar e tem de haver responsabilização, ao longo dos mandatos, e, aí o Recall é fundamental.
O Povo não é burro.
O Povo Português ten sido espezinhado pelos diferentes sistemas políticos nos quais foi governado.
Mas se for possível ele ter uma palavra a dizer pela implemntação de institutos de democracia directa, a nossa democracia será melhor e Portugal sairá deste marasmo em que está metido, governado por corruptos, vigaros e quejandos.
Depende de nós lutarmos contra este estado de coisas.
Sem medo.O poder reside em nós.
um abraço.

José Maria Martins

Tijoão da Tasca disse...

Analisando bem as diferenças não serão assim tão grandes Dr ! Abraço