Sá Couto, a tal do Magalhães subiu as vendas no 1º trimestre deste ano 1300% !!!! É obra, mas também com um vendedor assim ...assim talvez resolvam os problemas com o estado!
Sócrates dá 12 mil «Magalhães» a Cabo Verde

7 comentários:

Anónimo disse...

Não subiu 1300%. Subiu 3000%.
E depois? Se fosse o ti Belmiro não havia comentário.
Começo por declarar que não gosto do magalhães.
O ano passdo vendi mil pares de meias. Este ano vendi quatro mil pares para um convento de freiras. E depois? É crime? É escandalo?
Anticomuna

Tijoão da Tasca disse...

Não aceito por principio comentários anónimos. Mas a este quero responder! Seja para o Ti Belmiro, ou para quem quer seja. O primeiro ministro de Portugal, não pode e não deve andar, por esse mundo fora,feito vendedor de computadores de um empresa privada, que por acaso até deve dinheiro a esse mesmo estado!

Luis Melo disse...

Números pornográficos

A JP Sá Couto ganhou a liderança do mercado nacional de portáteis no primeiro trimestre de 2009 em virtude das vendas do portátil Magalhães. Neste período, a empresa portuguesa apresentou um crescimento de 3.311,4% face ao mesmo período de 2008, o que correspondeu a 212 mil unidades vendidas.

São simplesmente pornográficos os números obtidos pela JP Sá Couto (empresa que devia dinheiro ao estado). Um crescimento de 3.300 % !!! Quando todas as outras empresas concorrentes estão com imensas dificuldades, esta empresa amiga do governo, tem resultados destes. Numa altura de crise, não seria melhor dividir "o mal" pelas aldeias? Para Sócrates (o delegado comercial de vendas da Microsoft) não.

manuel gouveia disse...

Era só o que faltava: uma campanha azul contra o Sócrates!

Luis Melo disse...

Superliga "incompetente-mor": Sócrates marca pontos

Cerca de 18 mil micro empresas encerraram desde Janeiro [...] De acordo com o presidente da ANPME, "há micro empresários a falir todos os dias" [...] De acordo com dados divulgados à Lusa pela AIP, as micro empresas empregam 28% dos trabalhadores, mais 3% do que as grandes empresas.

aqui, eu tinha falado das PME. Há já mais de 2 anos que o PSD tem alertado para a importância das Micro e PME. Marques Mendes até falou sobre a criação de um ministério para estas empresas. Manuela Ferreira Leite não para de alertar para a importância destas empresas na economia portuguesa. O PM não quer ouvir e continua a beneficiar apenas as grandes empresas.

Depois do início da grave crise, José Sócrates - o auto-intitulado salvador das empresas portuguesas - anunciou 'n' medidas para as Micro e PME. Os programas PME Invest 1,2 e 3; redução de impostos (quais? em que condições?); beneficios fiscais (quais? em que condições?). Medidas essas, tão boas... que o resultado é o que se vê.

Mais 3 pontos para José Sócrates na Superliga "Incompetente-mor"

Daniel Santos disse...

pelo menos alguém está a facturara neste país... pena serem sempre os mesmos.

Matraquilha disse...

Oh Ti João,põe-te a pau qualquer dia fecham-te a tasca.
Os anónimos são perigosos...
Ui, que medo

Um abraço