Com lucidez !

No âmbito da apaixonada discussão do caso "Freeport" e , sobretudo, no debate sobre a eventual culpabilidade de José Sócrates, assistimos a factos suficientemente graves que devem merecer a nossa atenção especial. 

5 comentários:

A. João Soares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
A. João Soares disse...

Caro Tijoão,
Não alinhemos na «Campanha Negra». Não colaboremos com «insinuações e insídias» como muitos cabecilhas do PS afirmam e repetem.
Mas seria bom que a inteligência deles lhes permitisse concluir que só pode haver «insinuações» quando falta esclarecimento e transparência e sobejam dúvidas e interrogações. E elas neste caso não faltam.
Uma sugestão: Informem com VERDADE e na totalidade os portugueses e, depois, deixa de haver «insinuações».
Um abraço
A. João Soares

Daniel Santos disse...

Não sei...

O Pinoka disse...

Por mais que me esforce não consigo simpatizar com as autoridades inglesas. Não lhe encontro grande credibilidade e um grande exemplo disso mesmo foi o caso McCann onde eles têm responsabilidades na demora da investigação. Porquê? Nunca vamos saber. E para reforço dessa falta de credibilidade e arrogância junta-se o facto de não haver qualquer resposta ás cartas rogatórias enviadas por Portugal em 2005 acerca do caso Freeport e não terem enviado ainda qualquer resposta apesar de abrir agora uma investigação paralela e de exigirem respostas as cartas que nos enviaram sem responder primeiro as autoridades portuguesas. Porquê? Acham-se melhores? Eu não os acho.

Um abraço

Tijoão da Tasca disse...

Não acho que sejam melhores ou piores!Eu queria estar a ser bem governado por pessoas sem telhados de vidro, nem conhecimentos que travem investigações ! Não é pedir muito !